Cardiopatia congênita: um em cada 100 bebês nasce com problemas no coração

A malformação do coração é responsável por quase 40% dos óbitos por anomalia congênita em bebês com menos de um ano. No Brasil, a cardiopatia atinge um em cada 100 recém-nascidos. A cirurgia para correção é extremamente delicada e exige médicos altamente especializados e equipamentos de ponta, procedimento que ainda não é amplamente realizado no Brasil.

Cardíaca: diagnóstico pré-natal deve ser tratado como tema de utilidade pública

De acordo com o Ministério da Saúde, um em cada 100 bebês nasce com cardiopatia congênita no Brasil. A malformação é a segunda maior causa de óbito em crianças com menos de um ano, no entanto, a ausência de diagnóstico precoce faz com que muitos casos sejam identificados como morte súbita. De acordo com a... Continuar Lendo →

Acima ↑

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora