Perinatal aproxima médicos e público final com webinares

A pandemia chegou no Brasil em março de 2020. A partir do acontecimento, a Perinatal/ Rede D’Or, tomou diversas medidas de segurança com o objetivo de zelar pela saúde de pacientes, visitantes, colaboradores e médicos. Protocolos nos atendimentos, internações, visitas, partos e procedimentos foram implementados desde então. A instituição, que estava acostumada a realizar palestras, simpósios e sessões clínicas, enxergou, nesse momento, a necessidade de buscar alternativas que fossem seguras e confortáveis para todos. Reunir pessoas em um auditório não era mais viável, e com isso os eventos, comuns no período pré-pandêmico, ganharam uma nova forma: as webinares.

 Os eventos virtuais foram realizados logo no começo do isolamento social, priorizando o tema que era mais comentado naquele momento, ou seja, o coronavírus. De acordo com Theiza Conte, Diretora de Marketing | Relacionamento Médico, esse planejamento se deu através de uma análise de temas centrais relacionados à ginecologia, obstetrícia, pediatria, neonatologia, além do reforço de alguns protocolos ou cases de sucesso. “A ideia era trocar conhecimento e experiência sobre as especialidade que dominamos, tanto para os médicos quanto para o público final, como vinha sendo feito”, relata.

Com o sucesso dos primeiros webinares, e os ótimos feedbacks ao final de cada evento, era possível perceber que essa aproximação à distância proporcionava uma nova forma de aprendizado para todos os envolvidos. “Foi possível notar um grande número de perguntas a cada evento virtual realizado. No evento virtual, as pessoas se sentem mais à vontade para participar, além da possibilidade de colocar suas dúvidas pelo chat à medida que o conteúdo é apresentado”, aponta Theiza. E para ela, essa troca maciça de conhecimento é o carro-chefe para qualquer evento virtual de sucesso. “Não pode faltar a oportunidade e o estímulo ao debate, só assim há troca como temos experimentado em nossos eventos”.

E essa troca foi resultado de realizações concretas. Só em 2020 foram produzidas, através do online, seis Sessões Clínicas, além do 12º Simpósio Internacional de Neonatologia, inteiramente digital. Foram três meses de trabalho muito intenso para desenvolver uma plataforma customizada. “Na prática a realização do Simpósio foi muito desafiadora. Por ser “ao vivo”, focamos na questão técnica para que não houvesse nenhum tipo de problema de transmissão, qualidade de imagem, som na integração de palestrantes em diversos países”, conta Theiza.

E para o futuro o que podemos esperar? Esse ano quatro sessões clínicas já foram produzidas com sucesso de audiência. Mas quando todas estiverem imunizados, Theiza acredita que haverá um misto nos dois modelos. “Acreditamos que mais adiante teremos uma mistura de virtual com presencial. Mas ainda vamos pensar mais sobre isso. Um formato misto pode dar acesso a muitos e segmentar de forma inteligente os conteúdos endereçados a diferentes especialidades, além de viabilizar as atividades práticas”. Vamos aguardar para saber!

Diretor Técnico Médico:
Dr. José Maria de Andrade Lopes
CRM 226222 RJ

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Acima ↑

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: