As principais mudanças no corpo feminino

Uma parte essencial para cuidar da saúde da mulher é conhecer o próprio corpo. Dar atenção para si, com um cuidado especial, faz toda a diferença. Ficar de olho no organismo permite identificar sinais que devem receber a atenção de um médico — por menores que sejam.

Inclusive, isso também é positivo do ponto de vista da sexualidade. Explorar seu corpo é o melhor modo a encontrar satisfação completa e, assim, ter uma vida sexual totalmente saudável.

Quer saber quais são as principais mudanças ao longo das fases da vida? Veja quais são os pontos de destaque!

Durante a puberdade

Em geral, a fase ocorre dos 8 aos 13 anos e inclui diversas mudanças. Nesse período, há o chamado “estirão” de crescimento.

Além disso, é nesse momento em que passa a haver um aumento na circulação de hormônios como progesterona, estrógeno, FSH e LH. Essa mudança é muito importante, pois causa alguns impactos como:

  • aparecimento das mamas;
  • crescimento dos pelos, inclusive na região púbica;
  • acúmulo de gordura no quadril; aparecimento da menarca e
  • regulação do ciclo menstrual.

Essa fase é marcada pelo crescimento hormonal, até que ocorra a completa maturidade sexual do corpo.

Durante a gestação

Nos 3 primeiros meses, a mulher entra em um estado conhecido como catabólico. Há um grande acúmulo de energia e de sangue.

No segundo trimestre, o crescimento do bebê está a todo vapor e a barriga também começa a aparecer. Em alguns casos, o peso dela pode causar alguns desconfortos, como dor nas costas.

No terceiro trimestre, os seios começam a se preparar para a amamentação e pode ocorrer uma retenção de líquidos. A pressão exercida pelo bebê pode causar mais desconfortos e até dificuldade para dormir. Como a relação entre gestante e remédios é delicada, somente um especialista pode ajudar a aliviar essas questões. Há, ainda, uma preparação física do quadril para o parto e começam a acontecer contrações preparatórias, que são indolores.

O corpo da mulher após o parto também fica diferente. A amamentação vai consumir muitas calorias e líquidos do corpo, o que ajudará na queima de gordura. O abdômen gradualmente começa a voltar ao normal, assim como o útero. Os hormônios gradualmente entram em equilíbrio novamente, após o período chamado puerpério. A atividade física após o parto é recomendada pelo médico, de acordo com as condições físicas e de saúde.

Durante a menopausa

A menopausa é de fato, a última menstruação, e está inserida no período do climatério. Essa é a fase de transição entre a vida fértil e o encerramento do ciclo de fertilidade do corpo feminino.

Há uma queda lenta dos hormônios, até que o ovário interrompa definitivamente suas funções. Algumas mulheres podem fazer a reposição hormonal, mas outras não. Especialmente aquelas que já passaram por tratamentos de câncer. Essas mulheres geralmente, precisam buscar alternativas.

O climatério também é marcado por mudanças como:

  • aumento no acúmulo de gordura abdominal;
  • ressecamento da pele, inclusive na região vaginal;
  • diminuição da libido sexual;
  • cabelos e unhas quebradiças;
  • pele ressecada;
  • ondas de calor (conhecidas como fogachos);
  • insônia;
  • oscilações de humor.

É um período que ocorre, em média, dos 45 aos 55 anos.

Então cada período da vida da mulher tem suas próprias características. E é muito importante as mulheres se conhecerem para tirar o maior proveito de cada uma dessas fases!

Dra. Adriana de Mattos, ginecologista da Perinatal

CRM 52 769770

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Acima ↑

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: