O que é gravidez ectópica?

A gravidez ectópica ocorre quando o embrião se implanta fora da cavidade uterina, o local mais comum de acontecer essa implantação errada é nas trompas. É causada por alguma dificuldade na migração do embrião até a cavidade uterina, local correto para sua implantação. Portanto, as doenças que levam à obstrução nas trompas são as mais associadas a esse problema. A inflamação nas trompas também pode dificultar essa migração.  

Os sintomas mais comuns são dores abdominais e sangramento vaginal. Nos casos mais graves a paciente pode apresentar sangramento excessivo na cavidade abdominal. 

Seu diagnóstico é realizado através dos níveis de hCG detectados no exame de sangue correlacionados com os achados ultrassonográficos. Algumas vezes o diagnóstico é difícil e pode ser necessário aguardar alguns para repetir toda a investigação.

Existem fatores de risco para a gravidez ectópica?

Sim. Mulheres com endometriose, com cirurgias pélvicas prévias e com antecedente de doença inflamatória pélvica apresentam maior risco de gravidez ectópica. Entretanto em 50% dos casos não há identificação de nenhum desses fatores de risco. 

Quais são as complicações?

Hemorragia, necessidade de transfusão sanguínea, formação de aderências pélvicas, perda da trompa afetada e até mesmo morte. 

Quais são os tratamentos?

São variados e dependem do quadro clínico da mulher. Quando a gravidez ectópica se apresenta com sangramento intenso uma cirurgia é mandatória. Na maior parte das vezes pode ser feita por laparoscopia. Durante o procedimento a trompa afetada pode ser ou não preservada.

Quando o diagnóstico é precoce é possível tentar o tratamento clínico com uma medicação que impede o crescimento do material embrionário, evitando assim, um procedimento cirúrgico.

Em algumas situações é possível apenas observar e acompanhar a paciente de perto, já que a gravidez pode não evoluir. A proposta terapêutica deve ser individualizada, portanto é importante ser conduzida por médicos experientes nesse assunto. 

Existe perigo de infertilidade após uma gravidez ectópica?

Sim. A infertilidade pode acontecer quando as duas trompas estão danificadas. Mesmo quando conseguimos preservar a trompa, ela pode estar comprometida pela própria doença. Entretanto, a maior parte das mulheres engravida normalmente após uma primeira gravidez ectópica.

Dra. Lívia Migowski, ginecologista da Perinatal

CRM 52906824

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Acima ↑

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: